jan 242013
 

Pessoas queridas, hoje o post é muito mais emotivo do que visual.

Enquanto pintava estas telinhas, escrevia no meu caderninho.
Não escrevi pensando em publicar aqui minhas palavras, mas acho que faz tanto sentido, que não poderia deixar de compartilhar com vocês o turbilhão de sensações e sentimentos que me envolveram nos últimos tempos.
 As telas

Telas com motivo floral
Pintura floral
Tela decorativa com flores

O texto
Ah, que saudades que eu estava de pintar!!!
Hoje foi o primeiro dia no qual me senti realmente à vontade em minha nova oficina.
As mensagens são tão sutis, que muitas vezes não percebemos.
Eu, que nunca fui de guardar nada, tranquei meus sentimentos, até como uma forma de defesa. Desde a mudança, abaixei a cabeça e trabalhei, dia após dia.
No final de semana passado, tive uma crise de choro, daquelas fortes. Um choro de dor, de adeus. Me permiti colcocar tudo para fora, apesar do sofrimento que veio junto. Esqueci do muro que criei. Na verdade, quebrei o muro, fui além.
A gente nunca percebe o que realmente acontece quando está adormecido, até ocorrer uma crise, onde tudo precisa ser colocado para fora.
Hoje, como quase todos os dias, comecei um novo projeto e, enquanto esperava a tinta secar, resolvi arrumar alguns detalhes das prateleiras, mudando tudo de lugar. Tenho mania de fazer isso, mas hoje foi com prazer, cantando, dançando.
Olhei para estas telinhas, elas olharam para mim, e tudo aconteceu. Sabe aquele momento mágico?
Ahhhhhh, que SAUDADES eu estava de pintar, de ser eu mesma, de desenhar, de fazer pátina.
Que saudades de mim, que eu nem sabia que tinha.
Eu sabia que algo estava estranho, mas não sabia o que era. Era como se eu estivesse no piloto automático.
Foi tão difícil e doloroso mudar, que nem para mim eu admitia.
Eu tive tanto medo do que aconteceria, que me isolei num tempo onde nem passado nem presente existiam. Seria a terra do nunca?
Era um não presente, não passado, que não me levava a lugar nenhum.
De repende, vem uma linda chamada Vida, que quer ver a gente crescer, semear o bem, e não nos deixa esquecermos do propósito. Algo que fica buzinando em nossos ouvidos, dizendo: Ei, acorda! Cade você???
Todos os dias, eu era uma luta interna. Eu queria ser a Vero de sempre, leve, alegre, criativa, mas não permitia dar adeus a tudo que se foi. Eu tranquei meus sentimentos em uma gaveta. Ainda bem que não joguei a chave fora.
A vida nos manda sinais e pessoas. Podemos ver, ou sair pela tangente.
Eu quebrei o muro.
A vida me lembrou que ser cuidada é bom. Ela me fez recordar que nem sempre ser durona é ser forte. Muitas vezes, a força está em admitirmos que estamos sofrendo, e falarmos sobre isto.
Eu chorei, sofri, admiti que não estava fácil. Precisei olhar para dentro de mim, me soltar, e realmente sentir meus sentimentos, os bons e os ruíns.
Agora posso dizer: Oi, genteeeeeeeeeee, voltei!
Hoje me sinto em casa!!!
Agradeço a Deus pelas pessoas certas, na hora certa, e pela capacidade de enxergá-las com o coração.
Agradeço pela força e pela coragem, e por todos os sinais.
Agradeço a vocês por tanto carinho, e por sempre ficarem do meu lado.
OBRIGADA!
Desejo a vocês um lindo feriado, pra quem é de São Paulo, e dias abençoados para todos nós!
Beijosssssssssssssssssss
Vero ♥
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
The following two tabs change content below.
Tenho um atelier em Perdizes, um lindo bairro de São Paulo. Trabalho com mosaicos, pintura em vasos e telas, pintura e customização de móveis e objetos de decoração. Em meu atelier, tenho peças para pronta entrega, e faço a maioria sob encomenda, de acordo com as preferências dos clientes. Adoro reutilizar objetos que iriam para o lixo, transformando-os em peças decorativas! Ministro cursos! Meu blog é uma extensão de meu trabalho. Amo mostrar aqui tudo que faço, assim como as artes de meus alunos! Adoro fazer passo a passo e tentar ensinar um pouco do que aprendi para quem mora longe. Sejam bem-vindos! Sintam-se em casa! Para falar comigo, escrevam para [email protected]

 Leave a Reply

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

(required)

(required)

close
Facebook IconYouTube IconTwitter IconPinterestPinterestPinterestPinterest