jan 132014
 

Pessoas queridas, tudo bem?

Demorei, mas finalmente cheguei, com o post onde ensino a vocês uma técnica que amo de paixão: a pátina provençal.

Este post é fruto da parceria maravilhosa que tenho com a Tintas Iquine.

O post onde conto tudo sobre esta parceria é este aqui.

Daí vocês me perguntam: Vero, por que demorou tanto para você pintar o guarda-roupa?

Em primeiro lugar, quero dizer que nunca fiz uma pintura tão trabalhosa quanto esta.

Não imaginei que pintar uma armário fosse tão cansativo, e olha que eu sou pau pra toda obra! rs

Quando percebi que o buraco era mais embaixo, fui fazendo tudo bem devagar, e por isso demorei tanto. Além disso, logo chegou o final do ano, e com ele mais encomendas e vendas, ou seja, muitas vezes tive que interromper a pintura, para cuidar de outros assuntos referentes ao atelier.

No meio do processo, eu pensava: Nunca mais eu pinto um guarda-roupa!

Hoje, olhando a foto do antes e depois, sei que faria tudo de novo. Na verdade, até já comecei a pintura de outra peça, bem parecida com esta! 🙂

Pintura de guarda-roupa – Antes e depois

 

Como fazer pátina provençal - Passo a passo

Quanta diferença, hein?

Eu estou maravilhada aqui!

Sei que vocês perguntarão por que eu não pintei a porta.

Eu AINDA não pintei, pois demoraria ainda mais pra fazer este post, e eu já estava ansiosa. Também não sei de que cor pintarei.

A porta está em observação, digamos assim.

Mas eu volto logo com ela pintadinha e linda, ok?

No momento, peço que abstraiam a porta ainda na madeira, e prestem atenção à beleza do guarda-roupa! Meu “novo” guarda-roupa, que deixou este cômodo muito mais leve e lindo.

Vamos ao passo a passo da pintura desta peça?

Passo 1 – Desparafusar e tirar as portas

Primeiro, desparafusei e tirei todas as portas do armário.

É muito complicado pintar uma peça tão grande in loco.

Se já foi complicado lixar a peça sem as portas, imagine se eu não as tivesse retirado.

Como fazer pátina provençal - Passo a passoA peça sem as portas

Passo 2  – Lixar

Eu lixei todo o armário, assim como as portas, com lixa 80 para madeira.

Vejam na foto do antes como ele era brilhante (eca), pois havia muito verniz.

Nunca agradeci tanto por ter comprado minha lixadeira orbital! Gente, se eu fosse lixar tudo na mão, acho que enlouqueceria.

A lixadeira proporciona um trabalho mais bem acabado. Além disso, ela economiza muita lixa. Eu recomendo!

Todas as portas foram lixadas em área externa, por causa do pó.

Lembre-se sempre de lixar no mesmo sentido, e de usar máscara, por causa do pó.

Tive que lixar os frizos na mão. Frizos são estes filetes de madeira que enfeitam todas as portas. Foi nesta hora que tive vontade de desistir…

Eu não desisto, vocês sabem, mas deu muito trabalho lixar estes pequenos filetes de madeira.

Também lixei na mão em alguns lugares onde a lixadeira não alcançou, mas foram poucos.

Depois, limpei tudo com um pano seco, retirando todo o pó.

Como fazer pátina provençal - Passo a passo

Vejam a diferença da parte lixada e da parte sem lixar. na foto acima.

Não reparem no 110V giga que escrevi na lixadeira. A questão é que tenho algumas máquinas 110, mas a maioria é 220V. Imaginem se eu coloco na tomada errada? rs

 

Como fazer pátina provençal - Passo a passoA lateral do armário já lixada

Como fazer pátina provençal - Passo a passo

Passo 3  – Aplicação do fundo nivelador branco base água, da Iquine

O fundo nivelador tem a consistência de uma tinta mesmo.

Sua função é preparar a madeira, para que ela possa absorver a nova pintura.

Apliquei o fundo nivelador com um rolinho de espuma médio. Nas partes onde o rolinho não alcançou, assim como nos frizos, utilizei um pincel médio.

Como fazer pátina provençal - Passo a passo

Como fazer pátina provençal - Passo a passo

Adorei o fundo nivelador. Apliquei 2 demãos e cobriu super bem.

Gente, após a primeira demão, sempre parece que a madeira está super mal pintada, pois ela absorve muita tinta. Na segunda demão, a madeira já não absorve tanta tinta, e começa a ser coberta. Tudo vai ficando uniforme.

Após a aplicação de 2 demãos de fundo nivelador branco, esperei secar bem, de um dia para o outro, e lixei tudo levemente, com lixa 100 para madeira. Lixei levemente, na mão. Nada de querer arrancar a tinta que acabei de passar, não é mesmo?

Foi neste ponto que realizei que o mais difícil nestas pinturas é começar. Depois, a pintura deslancha!

Passo 4 – Pintura com esmalte à base de água, da Iquine

Escolhi usar o esmalte branco neve, à base de água, da Iquine.

A pintura foi feita com rolinho e pincel, como quando apliquei o fundo nivelador.

Apliquei 3 demãos de esmalte.

O armário ficou branco como a neve, reluzente.

Eu não tirei fotos desta etapa, me perdoem. Estava híper empolgada, e não via a hora de terminar!

Enquanto pintava as partes de branco, resolvi pintar a parte da estrutura, onde as portas são fixadas, de outra cor.

Como estas partes aparecem muito pouco, resolvi usar uma cor bem forte: pink.

Sei que é uma cor polêmica, mas foi a escolha perfeita para mim.

Eu usei uma tinta acrílica para artesanato, na cor pink, e pintei tudo com o mesmo pincel médio. Apliquei 3 demãos da tinta, e ameiiiiiiii o resultado!

 

Como fazer pátina provençal - Passo a passo

Aqui entra segunda razão da demora do término desta pintura.

Passo 5 – Parafusar as portas

Eu fui tentar fixar as portas sozinha, mas quem disse que consegui? rsrsrsrsrs

Eita coisa complicada, gente! O armário é super antigo, já tem algumas portas que não estão totalmente alinhadas, mas tentar fazer isso sozinha foi loucura.

Pedi ajuda e esperei algum tempo, mas consegui! 🙂

Passo 6 – Colocação dos puxadores

Que delícia! Tirei os puxadores antigos e joguei fora!!! Eram muito feios.

Pintei 6 puxadores da mesma cor que pintei a estrutura da peça: pink. Vejam o post onde conto sobre esta pintura, clicando aqui.

Meu objetivo era que as partes conversassem, formando um todo, e creio que consegui.

Passo 7  – Pátina provençal

Daí, olhei pro guarda-roupa montado e pensei: Está muito branco, muito mesmo.

Decidi fazer uma pátina provençal, para dar uma quebrada no brancão.

Para tanto, utilizei apenas pequenos pedaços de vidro, com os quais raspei as laterais de todo o armário, assim como a parte frontal dos frizos.

Como fazer pátina provençal - Passo a passo

Como o vidro perde o corte rapidamente, fui cortando e utilizando vários filetes.

Usei luvas, pois o vidro pode quebrar e machucar a mão.

Se você não quiser ou não conseguir utilizar o vidro, pode lixar os cantos e frizos, de preferência com o auxílio da lixadeira.

O intuito é que estas partes fiquem na madeira, o que deixa o móvel com um ar mais rústico. O armário ficou com uma carinha muito mais artesanal, do jeito que eu gosto!

A pátina provençal quebrou a sobriedade do branco neve puro.

Como eu decidi fazer a pátina depois de ter fixado as portas, não as retirei novamente, mas o ideal é que a pátina seja feita antes de as portas serem recolocadas. É mais prático.

Notem que este desgaste, onde a madeira fica aparecendo, não é perfeito. Em alguns lugares é mais largo, em outros mais estreito. Isso é muito legal, porque diz: Esta pintura foi feita por uma pessoa de verdade, e não por uma máquina. Adoro!!!

 

Como fazer pátina provençal - Passo a passo

Vejam na foto acima a diferença. O lado esquerdo já com a pátina provençal, e o lado direito pintado de branco, sem a pátina.

Eu prefiro a rusticidade da pátina.

Os puxadores conferiram um ar romântico ao móvel.

Eu não aplico verniz para finalizar o trabalho, pois o esmalte acetinado proporciona este acabamento brilhante, e a peça já está protegida.

É possível passar pano e limpar tranquilamente, sem perigo de manchar a pintura.

Eu não pintei o guarda-roupa por dentro. Minha intenção era pintar tudo, mas, como falei, nunca imaginei que fosse dar tanto trabalho.

As portas foram pintadas dos 2 lados.

Ameiiiiiiiiiiiiiiiii o resultado, e espero que vocês gostem também!

 

Como fazer pátina provençal - Passo a passo

Como fazer pátina provençal - Passo a passo

Como fazer pátina provençal - Passo a passo

Como fazer pátina provençal - Passo a passo

Como fazer pátina provençal - Passo a passo Como falei anteriormente, algumas portas não estão alinhadas, pois este armário é muito antigo, assim como as dobradiças, que nem são mais encontradas em lojas de ferragens. Tive que me virar com o que tinha.

A porta “nua”, quero dizer, a porta que está na madeira, logo será pintada. Quero fazer algo novo! Espero voltar logo com ela!

Agradeço à Tintas Iquine pela parceria! Estou adorando as tintas, são excelentes!!!

Para finalizar o post, eu pergunto a vocês, leitores: Estão esperando o que para colocar a mão na massa?

Percebam como até as peças mais feias e assustadoras têm jeito!

Eu pintei porque não tinha $$ para trocar, e no fim amei o processo todo, desde a escolha das cores, até a execução do projeto e sua finalização.

Olhar para um móvel que a gente mesmo pintou, e que ficou melhor do que o esperado, não tem preço!

Inspirem-se, e mãos à obra!!!

Depois me mostrem!!!

Beijossssssssssssssssssss e uma semana abençoada pra vocês

Vero 🙂

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
The following two tabs change content below.
Tenho um atelier em Perdizes, um lindo bairro de São Paulo. Trabalho com mosaicos, pintura em vasos e telas, pintura e customização de móveis e objetos de decoração. Em meu atelier, tenho peças para pronta entrega, e faço a maioria sob encomenda, de acordo com as preferências dos clientes. Adoro reutilizar objetos que iriam para o lixo, transformando-os em peças decorativas! Ministro cursos! Meu blog é uma extensão de meu trabalho. Amo mostrar aqui tudo que faço, assim como as artes de meus alunos! Adoro fazer passo a passo e tentar ensinar um pouco do que aprendi para quem mora longe. Sejam bem-vindos! Sintam-se em casa! Para falar comigo, escrevam para [email protected]

  22 Responses to “Como fazer pátina provençal – Passo a passo”

  1. Oi Veronica,
    Eu não sei fazer nada, mas estou cheia de vontade de renovar uns moveis velhos de uma chácara. Achei muito bom ter encontrado as suas dicas. Vou tentar. Mas esse comentário foi mais para parabenizar voce pelos belos trabalhos e pela generosidade de compartilhar (gratuitamente) com as pessoas essa sua habilidade.
    Bjus
    Elza

  2. Olá, adorei suas idéias e seus trabalhos.
    Tb faço “arte” em meus móveis. Fiz pátina provençal em mesinhas, guarda roupas, armários de cozinha etc , adoro móveis em tons envelhecidos. No começo lixava, mas depois descobri a tinta automotiva bate pedra, não é necessário lixar, apenas limpar bem o móvel aguardar secar e usar o bate pedra, tem nas cores branca, bege e preta. Passar 1, 2 ou 3 demãos, depende do gosto. Aguardar secar bem e lixar algumas partes da peça. Não sei se vc conhece essa técnica. Parabéns pelo lindo blog …

  3. ficou bom dimais Vêh, amei sei bem como dá trabalho e vc deixou tudo novinho com a cara que tb amo que é o provençal, parabéns minha linda esta tudo lindo maravilhoso… e essa tinta que não conhecia, já anotei aqui no meu caderninho rsrs

    mil bjus linda!

  4. Parabéns! Fiz esse trabalho por dentro e por fora e a parada é tensa. Mas depois é muito gratificante! Show!!! bjus!

  5. Lindo!!! Como td q vc faz…parabéns!!!

  6. Oi Verô ! Nossa! Entendo demais, tô reformando um armário também. Teu trabalho me inspirou e me deu força (risos) oara continuar firme e só parar quando estiver pronto pra foto. A lixadeira orbital é um sonho…Muito obrigada pelas dicas. Vou aguardar o momento da porta. Bjim!

  7. Verô vc é demaaais, que susto pensei q seria sua 1ª peça branco total, o toque pink ficou maravilhooooso e os puxadores, nooossa. nem te conto tinha um armário desse q herdei de uma amiga, maior que esse, lixei à mão (20 dias) não sabia fazer pátina, desenhei as florzinhas que aprendi com vc, comecei a pintlas, pedi pra um marcineiro q estava no prédio pra me ajudar a colocar as portas, qdo ele puxou o armário, ele desmontou, cupim em toda parte interna fuen fuen e eu não vi. gastei, mais de 1 mes em vão, mas ainda pintarei um, bjus

  8. Oi Verô que lindo que ficou, amei, amei, amei!!!!
    Me inspirou muito sabia, eu tenho uma guarda roupa e não quero me desfazer dele, tem bastante espaço e está em bom estado, é muito parecido com o seu. A tinta está comprada já faz um tempinho e acabou que fiquei adoentada e não pude fazer. Vou postar o andamento do serviço pra vc ver tb como fiz, e claro seguindo o seu passo a passo. Obrigada por compartilhar.
    Bjos e fique com Deus,
    Marlene

  9. Uau! Que trabalho magnífico Vero, estava ansiosa para ver.
    Imagino que trabalhão que deu, parece outro armário, milagre de renovação!

  10. A cor clara abriu o quarto e trouxe luz para todo o ambiente. Ficou muito animado. Também tenho vontade de mudar o meu armário, que é escuro como o seu era… mas pretendo colocar tecido porque pintar… aff…dá canseira só de pensar.

    Parabéns mais uma vez, Vero.

    Bjs.

  11. #UAU! Que trabalho incrível! Eu pintaria a porta no tom dos frisos do armário e os frisos de branco-palpiteira enxerida, define.

  12. OI Vero!
    Bom dia!
    Ficou super bacana!!!!! Nossa e como deve ter dado trabalho hein!
    Mas a satisfação no final de tudo não tem preço né?
    Parabéns pelo trabalho!

    Ah, já ia me esquecendo…adorei o novo fundo do blog! 🙂

    Abraços!

    Lívia

  13. Oii Vero sua linda…ficou mará como diz você 😉
    Deve ter demorado um tempão…mas o resultado e pura beleza!
    Fica com Deus amada e um Feliz Ano Novo pra ti <3
    Beijusss <3

  14. Veroo!!
    Que bela transformação do seu armário !!
    E quanto trabalho , mas valeu à pena , parabéns !!

    Bjs e que nos traga mais lindas inspirações e entusiasmo para as artes !!

    Sil

  15. Parabéns Verô ficou lindo demais! Os puxadores foram a “cereja do bolo”, super fofos!

    Beijos, Renata
    palpitandoemtudo

  16. Ficou lindo demais. Amo esse tipo de pintura. Parabens. Bjus.

  17. OI Verô, acho que é meu primeiro comentário nesse ano, então Feliz Ano Novo para você. Que lindo ficou esse armário! A cor pink deu o seu tom, se fosse todo branco, não seria da Verô, vejo a cor como sua marca, seu jeito, sua alegria, para mim é isso que você imprime e eu amo! Parabéns, muito sucesso, paz e saúde. Uma semana abençoada, bjs

  18. Ahhhhhhhhhhhh… ficou lindo! Até que enfim! rsrsrsrsrsrsr
    Estou como vc aqui em casa, com um criadinho pra terminar, um banco e um cabideiro… affffffffffffffff
    Vontade tenho de mudar tudo, mas cade tempo?
    amei Verô, ficou muito sua cara. Beijos ♥

  19. Oi Verô!

    Nossa! Que trabalhão! Reformar um armário não é pra qualquer um não, e você fez um trabalho incrível!
    Eu tenho a lixadeira orbital, mas minha vida mudou quando comprei a roto-orbital (ou excêntrica) é muito mais fácil de lixar, quase não faço força. Agora só uso a orbital pra acabamento fino.
    Não sei se funcionaria, mas uma vez tive de lixar uma mesa da minha irmã com acabamento alto-brilho, comecei a lixar e resolvi testar raspar com uma espátula, foi ótimo, a espátula foi tirando a camada grossa e foi bem mais fácil que lixar tudo. Acredito que até no caso dos frisos essa técnica iria ajudar.
    Beijos!

  20. Êêêêê ,,, Verô! Você é mesmo corajosa! Já enfrentei uma empreitada dessas e sei o quanto é trabalhoso! Parabéns, minha querida por mais este projeto lindo. Um beijo .

  21. Aula de graça, né, Prima?!!!
    Adorei o lance do vidro. Nunca ouvi falar…

    Feliz Ano Novo…
    Lov U

  22. É outra vida ter os armários pintados de clarinho, né? Depois q pintei os meus 3 armários (escuros, de Gramado) do meu atelier de branco (pátina tb), nossa clareou, ampliou e alegrou! Abs.

 Leave a Reply

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

(required)

(required)

close
Facebook IconYouTube IconTwitter IconPinterestPinterestPinterestPinterest